Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009
Atraiçoada eleita!

 

 

Step by step tudo se encaixa

 

ha 2 dias que a Bubok tem o Atraiçoada como destaque na pagina principal

 

http://www.bubok.pt/

 

 

A editora esforça-se e eu reconheço seu esforço, num mundo em que é mais facil criticar que elogiar, que é mais facil apresentar desculpas que as evitar, tento que haja equilibrio de forças e poderes, sou ninguem e sou tudo, tal como todos nós

 

 

eu agradeço porque a protagonista do Atraiçoada é toda a mulher que ama e vive por amor

 

 

como uma amiga escreveu, como critica ao livro:

 "Uma guerreira na Amazónia Peruana!..um livro para ler...um livro que não vai esquecer"

 

 

Namasté

 

 

 


: satisfeita

publicado por Infiel às 03:40
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sábado, 8 de Agosto de 2009
Atraiçoada na TV

 

ainda não fizeram o filme mas estamos no trilho correcto hehehehe

 

nunca tinha pensado que fosse tão rapido a divulgação deste livro

Ainda ha uns meses pensava, como iria conseguir capital para publicar o livro e, de repente convidam-me para o publicar on line e em papel, com um minimo de investimento e, logo a seguir um convite para o divulgar no meio de comunicação social mais poderoso e eficiente

tive o meu momento de gloria, puro êxtase e climax emocional ao ver a capa em grande plano na caixinha magica

 

a simpatia, interesse e curiosidade da assistência deixou-me babada

 

se bem que o programa não tivesse sido como dito no convite, atingiu o objectivo: divulgar o "Atraiçoada"

 

ao contrario do que se possa pensar, não é um livro de cartas de desamor ou raiva, ele conta as peripecias e todos os estagios que uma mulher passa quando sente e sabe que o seu mundo está em colapso

 

todo este processo emocional tem como pano de fundo o facto de viverem na Amazonia e todas as aventuras que acontecem que, superam os limites da resistência humana aliada à tentativa de terem uma quinta de produção leiteira a funcionar

 

a ideia de trocarem a Europa por uma quinta no meio da Amazonia seria fantastica se, não houvesse um terceiro elemento na relação

o casamento é o nosso mundo e quando ele é abalado tudo se transforma

 

é um livro que foi escrito para não esquecer o que se passou naqueles 6 anos no Inferno

 esperando que hajam menos mulheres a passarem pelo processo de expiação por actos não cometidos

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Infiel às 00:39
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sábado, 11 de Julho de 2009
Atraiçoada

 

 

Graças ao convite da Marta, tive a oportunidade de publicar o meu livro "Atraiçoada"

 

Para o ter basta entrar no site

www.bubok.es/tienda ou www.bubok.pt

 

procurar em Portugues / Narrativa / novela

 

ou

entrar directamente na pagina do meu livro

 

http://www.bubok.com/libros/12751/Atraicoada

 

ou aqui

 

http://www.bubok.pt/libros/47/Atraicoada

 

 

e pedir que o enviem por correio ou descarrega-lo na íntegra para o computador

 

a Bubok, encarrega-se de o entregar na morada que indicarem, em qualquer lugar no mundo

O pedido é confidencial e demora entre 5 a 15 dias

 

- Se desejar que eu o envie (autografado, claro , basta escrever-me um mail para

kaiserine@sapo.pt

indicar nome. morada e quantos exemplares pretende

 

Os portes de Espanha encarecem o livro mas se mo pedirem só cobrarei o preço do livro, basta pedir-me o NIB e avisarem-me da transferência

 

 

- A editora Bubok é espanhola e virtual mas, dá  as mesmas garantias que todas as outras, a diferença é que cada autor tem a liberdade de editar, modificar e retirar

os lucros não são os anunciados mas, é mais barato que publicar numa editora tradicional e o investimento pode ser por fases

 

É facil de publicar o livro que se pretende e escolher se o queremos só vendido em papel ou/e permitir que qualquer um descarregue para o seu computador.

 

 

Além de dar a noticia que, também tu podes editar o teu livro, anuncio que o meu já está totalmente disponivel para, ao teu ritmo, acompanhares as minhas aventuras e desventuras na Selva Amazónica

 

Este é um post que, espero, agrade a todos

   

 

 

 

 

 

Agradeço a todos que aqui passaram e expressaram carinho e força para avançar com a publicação deste relato que, tanto me custou a escrever e, a todos que o irão ler e divulgar esta fase da minha vida.

 

 

 

Namasté

 

 


: Feliz

publicado por Infiel às 00:09
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito

Domingo, 5 de Julho de 2009
boas e frescas

 

 

e se vos disser que a publicação está para breve?????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


: na expectativa

publicado por Infiel às 21:41
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008
um aparte

 

 

peço desculpa a quem aqui volta, buscando novos posts mas, tenho andado demasiado ocupada para dedicar tempo a este cantinho

 

 

além de que estou em "negociações" com uma editora que em pediu para parar com os posts até chegarmos a uma conclusão

 

 

 

agradeço a vossa visita e, brevemente darei noticias

 

 

Muito obrigado

 

um abraço

 

 

 



publicado por Infiel às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito

Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008
XV - Inverno de 98 1.n

 

 

 

 

 

 

 

 

 post apagado

 

 

obrigado

 

 

 

 



publicado por Infiel às 16:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 22 de Julho de 2008
assassina!

 

 

Caminhava em direcção ao estábulo, sem planos.
Queria ir atrás dele, mas não tinha dinheiro para o colectivo! O relógio do estábulo marcava 12.00. Deu-lhe mais 15 minutos, ele tinha saído às 9. Dava-lhe tempo para ir à cidade, estar 1 hora com a outra e, voltar! Os minutos passavam, pareciam horas. Nada!
*
Trepou as traves da parede, espreitava, tentando ver a curva da estrada. Nada! Desce e busca outro angulo da estrada. Nada! Mais 30 minutos e nada! 
*
A sua cabeça imaginava tudo e nada, tinha raiva de si mesma, dele, da sua vida, de tudo. Começou a disparar.
 
 
 
 


publicado por Infiel às 13:44
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Segunda-feira, 14 de Julho de 2008
XV - Inverno de 98 1.l

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 post apagado

 

 

obrigado

 

 

 

 



publicado por Infiel às 13:50
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Terça-feira, 24 de Junho de 2008
XV - Inverno de 98 1.b

 

 

post apagado

 

 

obrigado

 

 

 

 



publicado por Infiel às 18:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 22 de Junho de 2008
XIV - Verão de 98 1.j

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 post apagado

 

 

obrigado

 

 

 

 

 



publicado por Infiel às 12:23
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 22 de Abril de 2008
XIV - Verão de 98 - 1.c

 

 

 

 

 

 

Onde irá àquela hora, já não havia transporte público. Não devia ter muito dinheiro. Onde ia ele? A arma assustou-a, a atitude do irmão surpreendeu-a. Ele queria matar o seu Apolo? Na altura, até se perguntara porquê o que tinha feito ele? Devia estar mesmo doente, para impedir o irmão e não deixá-lo sair da propriedade, bem se arrependeu, mas fê-lo! Correu para junto de Apolo.
*
- “Miguel não! Larga a arma! Não!”
*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


publicado por Infiel às 09:05
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito

Quinta-feira, 27 de Março de 2008
Despedidas

 

 

Ela estava calma e sentia-se protegida, e com a certeza que iria descobrir a verdade!
*
Estava preparada para regressar de novo a Portugal, sozinha, mas, também pensava na possibilidade de aceitar de novo o marido; desde que ele lhe pedisse perdão, mostrasse o seu arrependimento, e que lhe dissesse que ela era a sua virgem, que tudo tinha sido um erro, que ela sempre havia estado no seu pensamento, que ela era a mulher que ele queria!
*
No dia anterior vai despedir-se dos sogros.
- “Ele não vai gostar que leves o Miguel!”- diz a mãe dele
- “Porquê?”
- “Não sei, mas não me parece que goste da ideia”
- “Eu acho que ele precisa de falar com alguém e o meu irmão pode ajudá-lo.”
- “Pois é, filha! olha, quando vender a casa, o dinheiro de Apolo, eu deposito na tua conta, tu é que deves decidir o que fazer com ele. O dinheiro é de vocês mas, eu não o quero ajudar mais.”
- “Pois, ele só quer dinheiro” – diz o pai – “mas, connosco já não vai contar mais. Ele que se desenrasque, que passe fome, que bem merece.”
- “Bem, eu deposito o dinheiro, depois tu é que sabes o que deves fazer. Ele nunca soube o que queria e parece-me que não tem controle, eu confio mais em ti!”
- “Obrigado pela confiança. Depois logo vejo. Agora sinto-me mais forte e, ele não me vai fazer mal, eu já não vou deixar. Eu estava doente e ele aproveitou-se da situação, mas já estou melhor!”
O cunhado riu-se. Ela era uma mulher forte! Ela ia dar uma sova na Peruana!!! – não o disse mas ela jurava que tinha adivinhado o seu pensamento!
*
Já depois de jantar, foi despedir-se da prima.
 
 
 
 
 
 
 
 


publicado por Infiel às 14:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 1 de Março de 2008
XII - Inverno de 97 2.g

 

 

 

 

 

post apagado

 

 

obrigado

 

 

 



publicado por Infiel às 21:19
link do post | comentar | favorito

.ultimos capitulos

. Atraiçoada eleita!

. Atraiçoada na TV

. Atraiçoada

. boas e frescas

.primeiros capitulos

. Dezembro 2011

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.mais comentados
25 comentários
16 comentários
14 comentários
.outras vidas

. FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

. Software para o Coração.....

. Atraiçoada

. Infiel

. Desistir/Recomeçar

. Palavras

. Venha dai, está convidado...

. Sexualidade feminina do s...

. Gratidão....

. Porque hoje é domingo - v...

.quantos acompanham
.pesquisar
 

Subscribe to Infiel

.subscrever feeds