Domingo, 17 de Fevereiro de 2008
XII - Inverno de 97 2.b

 

 

 

 

 

post apagado

 

 

obrigado

 

 

 



publicado por Infiel às 22:03
link do post | comentar | favorito

14 comentários:
De nofimdoarcoiris a 19 de Fevereiro de 2008 às 16:42
O meio-ambiente que me perdoe mas não resisti. Comecei a ler e não pude resistir a levar comigo para ler no comboio, em casa, sempre que houvesse um minuto livre (mas imprimi dos 2 lados em papel reciclado). E agora estou à espera de mais!
Minha amiga, como te admiro, e digo isto com muita sinceridade! Apesar de ser difícil entender como é possível ir tão ao fundo, entendo que isso possa acontecer. Por amor? Acho que não. Não se pode chamar a isso amor. Acho que se chega a um ponto em que todos os sentimentos vêm ao de cima, menos o amor. Por estares só? Por não teres ninguém a quem te agarrarres? Aí sim. Acho que é mais isso. Quem larga tudo para perseguir um sonho tem muita dificuldade em voltar para trás só, sem ninguém que a apoie, sem nada nem ninguém a quem recorrer.
No principio sim. Quando os primeiros indicios sobre que tipo de pessoa ele era surgem, aí existe uma cegueira chamada amor, que não nos deixa perceber quem temos ao nosso lado. E essa cegueira eu conheço e já experimentei. Mas depois, quando tudo se torna claro...
Há alturas em que se nota uma raiva. Uma dor profunda por tanto sofrimento, mas também uma raiva, não só dela mas principalmente dele por não ter a noção de quem é e de que está a magoar alguém, por ser tão egoísta ao ponto de magoar quem o ama sem ter o minimo remorso. Sem sequer ter a percepção do que está a fazer.
Fiquei presa à tua narrativa. Tudo é muito verdadeiro, muito real. Desde as situações aos sentimentos.
Tens uma forma de escrever que prende.
Fico ansiosa pela continuação.
Desculpa ter sido tão extensa.
Beijinhos


De Infiel a 21 de Fevereiro de 2008 às 14:29
Minha querida Carmo
muito obrigado pelas tuas palavras e preocupação

eu duvido que alguma vez fosse amor, era obsessão mais que outra coisa
eu nunca quis viver com ele, não quis casar, não quis ir para o Peru "á maneira dele" mas, acabava por fazer o que ele queria, esquecendo-me do que eu queria

Espero que a cirurgia esteja a correr bem!!! Pensamento positivo!!
Eu sigo o teu blog com muito carinho mas, não tenho tido tempo para te deixar todas as palavras que deveria deixar mas, sempre te recorda: estamos á distância de um pensamento

Beijinho e sabes que podes e deves sempre dizer tudo o que desejas ;)


Comentar post

.ultimos capitulos

. Atraiçoada

. ...

. Atraiçoada - entrevista

. Atraiçoada eleita!

.primeiros capitulos

. Dezembro 2011

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.mais comentados
25 comentários
16 comentários
14 comentários
.outras vidas

. FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

. Software para o Coração.....

. Atraiçoada

. Infiel

. Palavras

. Venha dai, está convidado...

. Sexualidade feminina do s...

. Gratidão....

. Porque hoje é domingo - v...

. Mario Quintana e o casame...

.pesquisar
 

Subscribe to Infiel

.subscrever feeds