Terça-feira, 22 de Julho de 2008
assassina!

 

 

Caminhava em direcção ao estábulo, sem planos.
Queria ir atrás dele, mas não tinha dinheiro para o colectivo! O relógio do estábulo marcava 12.00. Deu-lhe mais 15 minutos, ele tinha saído às 9. Dava-lhe tempo para ir à cidade, estar 1 hora com a outra e, voltar! Os minutos passavam, pareciam horas. Nada!
*
Trepou as traves da parede, espreitava, tentando ver a curva da estrada. Nada! Desce e busca outro angulo da estrada. Nada! Mais 30 minutos e nada! 
*
A sua cabeça imaginava tudo e nada, tinha raiva de si mesma, dele, da sua vida, de tudo. Começou a disparar.
 
 
 
 


publicado por Infiel às 13:44
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



.ultimos capitulos

. Atraiçoada

. ...

. Atraiçoada - entrevista

. Atraiçoada eleita!

.primeiros capitulos

. Dezembro 2011

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.mais comentados
25 comentários
16 comentários
14 comentários
.outras vidas

. FLORES???? NÃO Á VIOLÊNCI...

. Software para o Coração.....

. Atraiçoada

. Infiel

. Palavras

. Venha dai, está convidado...

. Sexualidade feminina do s...

. Gratidão....

. Porque hoje é domingo - v...

. Mario Quintana e o casame...

.pesquisar
 

Subscribe to Infiel

.subscrever feeds